Patologia Clínica

IMG 8490.jpg red 

MISSÃO

 

A missão do serviço de patologia clínica consiste em:

Ÿ recolher produtos biológicos aos utentes que recorrem ao serviço, efectuando a determinação analítica dos parâmetros solicitados, de forma a complementar o diagnóstico clínico e instituição de uma terapêutica adequada;

Ÿ efectuar colheitas em segurança, auscultando o grau de satisfação dos utentes de forma a melhorar a qualidade do serviço prestado;

Ÿ efectuar determinações analíticas fiáveis em tempo útil, baseadas na actualização técnica, na qualidade e na automatização;

Ÿ motivar os colaboradores delegando níveis de competência e promovendo a formação profissional;

Ÿ participar no ensino pré-graduado e pós-graduado;

Ÿ participar em projectos de investigação.

 

HISTÓRIA

 

O Serviço de Patologia Clinica do Centro Hospitalar Cova da Beira, iniciou a sua actividade no Hospital da Santa Casa da Misericórdia, que mais tarde se designou por Hospital Distrital da Covilhã.

Este Serviço passou a ocupar as suas novas instalações, no novo Hospital Pero da Covilhã, designado por Centro Hospitalar Cova da Beira,(CHCB),em Janeiro de 2000.

 

CARACTERIZAÇÂO DO SERVIÇO

 

O serviço possui 2 laboratórios 1 no Hospital Pêro da Covilhã e 1 no Hospital do Fundão:

•          H. Pêro da Covilhã:

–         Piso 0 – áreas laboratoriais e áreas de apoio

–         Piso 1 – Central de Colheitas área de atendimento ao público

•          H. Fundão: área de trabalho e atendimento ao público

 

 

- O Laboratório do H. do Fundão funciona das 8h ás 17 h e possui para além se 1 pequena área de secretariado, 1 sala de colheitas e 1 laboratório (Hematologia e Bioquímica).

 

- O laboratório do H. da Covilhã para além da área administrativa possui 6 áreas principais de trabalho: Hematologia, Microbiologia, Imunoquímica  Virologia e Autoimunidade e Urgência. Atende o público das 8h ás 18h e o serviço de urgência funciona 24h / dia 365 dias ano.

 

- O serviço atende os utentes do Internamento, Consulta Externa e Urgência Geral do CHCB, utentes da ARS da Sub-Região de Castelo Branco, outros Sub -Sistemas e de diversos Hospitais do País , numa média de 500 utentes dia. O serviço não tem lista de espera

 

- Encontra-se certificado desde o dia 1 de Fevereiro de 2006 pela Associação Portuguesa de Certificação (APCER), de acordo com a norma NP EN ISO 9001-2000 (actualmente NP EN ISO 9001-2008),  continuando a trabalhar no "programa de melhoria contínua da qualidade".

     

- O serviço encontra-se informatizado utilizando como sistemas operatibvos o Sistema Informático do laboratório o "Modulab gold". Tem ligação Informática ao Serviço de Urgência pelo "Sistema Alert" e possui o "sistema PSM" que gere informaticamente todo o processo laboratorial pré analítico.

 

ACTIVIDADE DO SERVIÇO

 

De 2000 para 2011 o número de exames realizados cresceu  cerca de  221%.

Em 2000, realizaram-se 360.994 exames e em 2011 1.159.391.

 

EQUIPA DO SERVIÇO

 

•          Directora do serviço Dr.ª Maria Conceição H. de Faria, Tel.275330000 ext.13001

•          Técnico coordenador - Luís A S. D. Parreira, Tel.275330000 ext.13004

•          Coordenador Técnico – Maria Lurdes Guedes, Tel. 275330000 ext.13003

 

Patologistas Clínicos

Maria da Conceição Honrado de Faria

Patricia Amantegui Ibarzabal

António Navarro Porrero

Técnicos superiores Saúde

Isabel Maria Maranhas Mousaco Torrão

Paula Cristina de Jesus Gouveia Pestana

 

Técnicos Superiores

Débora Silvestre Gonçalves Rodrigues

Andreia Sofia dos Reis Monteiro

Rui Pedro Antunes Alves Teixeira

Sofia Isabel de Aguiar Almeida

 

Técnicos de Diagnóstico e Terapêutica

•          Helena Maria Ceú Antunes Nascimento

•          Amélia Dulce Pereira de Jesus

•          Cristina Isabel Azevedo Rei Pinheira

•          Helena Maria Oliveira Gonçalves

•          Ascenção Maria Lopes Nunes

•          Lidia Maria Marcelino Araújo Marques

•          João Carlos Cruz Pereira

•          Jorge Alexandre Ferreira Gomes

•          Luís Alberto dos Santos Dinis Parreira

•          Fátima Cristina Gonçalves Pires

•          Ana Paula Vicente Pereira

•          Ana Isabel Matos Antunes Rebelo

•          Andreia Filipa Ribeiro Galvão

•          Catarina Isabel Monteiro Oliveira Fernandes

•          Alvaro Alberto Janeira Gaspar

•          Ana Filipa Rebordão dos Santos Dias

•          Carlos Amadeu Alves Costa

•          Dina M. Gamboa

 

Assistentes Técnicos

•          Paulo Nuno Duarte Craveiro Sena

•          Elvira Maria Jesus Brás Fernandes

•          Ana Maria Maranhas Mousaco Torrão

•          Susana Maria Sousa Gouveia

•          Maria Dulce Gomes de Oliveira

•          Mª Elisabete Nobre Miguel Almeida Penedo

•          Cristina Maria M. Narciso Aragonez (H. Fundão)

 

Assistentes Operacionais

Agostinho José Nogueira Pinheiro

Anabela Alves Carapito

Pedro Alexandre Ramos Bicho

Martinha Simão Santos

 

ACTIVIDADE DOCENTE

 

- O Serviço participa na Formação de alunos da Faculdade de Ciências da Saúde da UBI, na Licenciatura em Medicina estando a seu cargo o ensino do Bloco de Microbiologia (3º. Ano );

- O Serviço participa na Formação de alunos da Faculdade de Ciências da Saúde da UBI, na Licenciatura em Ciências Farmacêuticas  no módulo de Farmacologia da Infecção (Microbiologia do 3º. Ano) estando a seu cargo o ensino do  Módulo de Microbiologia (3º. Ano );

- O Serviço participa na Formação de alunos da Faculdade de Ciências da Saúde da UBI, Formação de alunos do 3.ºano da Faculdade de Ciências da Saúde da UBI-  Hematologia;

- Estágios voluntários de licenciados em bioquímica ou outras licenciaturas (UBI).

 

Tem anda como actividades formativas

o    Efectuar acções de formação regulares para actualização permanente dos colaboradores

o    Estágios de Técnicos de Diagnóstico e terapêutica da Escola de Tecnologias da Saúde de Castelo Branco

o    Estágios curriculares das escolas secundárias da Covilhã e Fundão

o      Apoio aos alunos de mestrado da Licenciatura em Medicina

o      O Serviço continua a participar diversos programas de investigação científica

 

COMPROMISSO

 

O Serviço pretende continuar e desenvolver-se tecnologicamente, mantendo uma estreita colaboração com serviços, sob o ponto de vista clínico, cientifico e assistencial, com vista a prosseguir a Política da Melhoria da Qualidade e Humanização, através dos cuidados prestados aos utentes/doentes.